CALDOQUANTICO | FAROLCOMUNITARIO | HOLOPRAXIS | CQL | CRESENTES | DNATOS | ARTEMCACOS | BLOGS | FALE CONOSCO | O GRUPO | IMPRENSA | POLÍTICA DE PRIVACIDADE
A SUBSTÂNCIA DO UNIVERSO PASSA POR AQUI
      FALE CONOSCO
SOBRE NÓS
IMPRENSA
 

sexta-feira, 14 março, 2003 19:30

Enxergando o Ser Humano em Corpo, Mente e Espírito

   
 
Ilustração
Um processo que se completa só quando usamos a atenção, a paciência, a generosidade e a gentileza de alma
   

Elisabete Rosa Victoriano

Tudo o que se busca na cura, na saúde integral é a plena satisfação da "Qualidade de Vida".

A minha história...

Ao longo de meus 50 anos, tenho tentado ser melhor hoje, do que fui ontem, dando um passo de cada vez.

E a cada mergulho em minha natureza interior, encontro as respostas e novas perguntas, vivendo esse fluxo infinito que é a própria evolução de minha alma.

Penso e creio que ter consciência do "Ser Que Eu Sou", é o ponto mais importante da minha vida e me lançando desse ponto, posso ser melhor com o universo e com as pessoas que me rodeiam. Não estou pronta, nenhum de nós está. Aprender e aprontar-se é tarefa de todos os dias.

Minha geração é assim, busca um sentido para a fé, para Deus e sempre coloca um halo cor-de-rosa em tudo, até que tudo tenha um sentido.

Essa mesma geração em seu movimento de interiorização trilhou muitas vezes um caminho estreito, confuso, com altos e baixos emocionais, lágrimas, culpas, desconfortos e confrontos com crenças, regras, padrões, paradigmas e a tarefa de abrir uma fresta por onde pudesse ser filtrada e transformada a herança genética e espiritual de uma era.

Vi e vivi o desfilar desse movimento em minha vida e no universo ao redor, numa ânsia de buscar o centro o ponto de equilíbrio dentro de mim.

Não foi fácil, nunca é fácil mesclar a compreensão do que se sente com o que se vê, criar um foco e tornar esse foco "Eu". Um processo que se completa só quando usamos a atenção, a paciência, a generosidade e a gentileza de alma.

Desse processo de busca e da interação com o meio nasceu uma vontade despretensiosa e ao mesmo tempo imensa de ser "Curadora de Almas", o despertar de meu Talento Único, aquilo que é a própria resposta da alma sobre o que fazer, de um jeito especial e que ninguém mais faria daquele jeito e por extensão expressá-lo na forma de trabalho voltado para os meus semelhantes.

A partir daí, o processo de ampliação da consciência deu saltos e o caminho tornou-se concreto. Tudo que estudei e tudo que estudo, não evita que eu tenha dúvidas. No consultório, isso se revela muitas vezes e só a certeza do Ser Único que habita em cada um, é que me leva passo a passo até a melhor manifestação daquela identidade cósmica, tantas vezes encoberta pelas crenças inteiras que citei acima.

Em síntese, todos buscam a mesma coisa, equilíbrio de corpo, mente e espírito. Somos sempre alunos e professores.

O Terapeuta Holístico deve viver sua experiência como um jardineiro que recebe a semente e nela consegue vislumbrar e aguardar o momento do desabrochar completo da flor.

A diversidade de técnicas, aprendidas em minha trajetória, foram se fundindo e delas nasceu o conceito de Holopraxis. Uma equipe multidisciplinar que atende com zelo de jardineiro, porque acredita que ao dar condições de plena liberdade de expressão ao conjunto corpo-mente-espírito, entende-se o significado de auto-cura.

O dia-a-dia no consultório...

Nosso trabalho abrange um grande rol de técnicas, buscando encontrar o ponto onde cliente e terapêutica aplicada alcançam sua melhor expressão de harmonia. A lista é grande mas, posso destacar a base fundamental do trabalho que é a Quiropraxia e a sua correlação com os estados emocionais, e bioenergia.

A partir desse ponto e identificadas tendências e aptidões do cliente, vão se incorporando as demais técnicas ou não, inclusive respeitando suas crenças, sejam elas filosóficas e/ou religiosas e sempre com sua aceitação e conhecimento.

São utilizados os Florais de Bach, Massoterapia e outras técnicas corporais como Shiatsu, Anmá, Do-In; Acupuntura, Reiki, Cromoterapia; Fisioterapia e trabalhos de reeducação de postura em grupo e individual e Grupos de Trabalho Energético direcionados para o que chamo de Reorganização das Memórias Celulares. É importante destacar que as técnicas que somam com as terapêuticas holísticas, são executadas por profissionais devidamente capacitados. Ao Terapeuta Holístico, cabe a Terapia Holística, assim poderemos sempre garantir a credibilidade do nosso trabalho.

Recentemente, incorporamos o Chi Ball, uma técnica que se serve de bolas aromáticas e técnicas orientais, para um trabalho de interiorização e harmonização.

Fato é, que a incorporação e mescla de várias técnicas dentro do conceito Holopraxis, abriu um grande leque de possibilidades para o cliente e para mim como profissional. O que no meu processo pessoal de busca, foi construído em dezenas de workshops e centenas de livros, encontram um poder de síntese dentro do consultório que acelera em muito o processo de tomada de consciência do cliente e resulta em redução do tempo de atendimento e do programa de trabalho determinado para cada um.

O Terapeuta Holístico, tem em suas mãos, ferramentas valiosas, que se usadas devidamente e respeitando as individualidades, vão trazer sempre ganhos de qualidade de vida aos seus semelhantes.

Nesse ponto julgo importante frisar que a nós, Terapeutas Holísticos é absolutamente desnecessário, como se já não bastasse ser ilegal, invadir o território ou sobrepor-se ao trabalho de outros profissionais de saúde. Primeiro por uma questão de bom senso, há casos e casos e nem todas as pessoas podem receber grande auxílio das nossas técnicas. Tem coisas que só os médicos, podem fazer, tem coisas que só o padre ou pastor, tem outras que só Deus.

Não obstante nossa visão abrangente, poderemos chegar até onde o território do outro já se divisou.

Àqueles que buscam um caminho novo, antes que um mal maior aconteça, somos absolutamente perfeitos, porque o processo de crescimento é mútuo.

Àqueles que tem uma desarmonia mais acentuada, podemos ser parceiros dos outros profissionais, colaborando no processo até uma harmonização completa.

Àqueles cuja desarmonia profunda já causou danos generalizados ao corpo, devemos ter a consciência e o respeito, que as escolhas daquela alma, tendo conduzido-a até aquele ponto, deve ficar aos cuidados dos profissionais que se prepararam para isso, e nesse ponto podemos por misericórdia orar sinceramente por um desfecho menos doloroso.

Acredito sim que o amor, é a ferramenta mais valiosa que o Terapeuta Holístico possui. As técnicas de que se utiliza são coadjuvantes importantes no processo e a busca pessoal do profissional deve ser a da auto-realização como criatura universal e por extensão como co-artífice temporário no processo de crescimento e busca de seus semelhantes.

Uberlândia/2003

Elisabete Rosa Victoriano é professora de Educação Física

ARTIGOS

Material jornalístico passível de direitos autorais.
Fotos e textos podem pertencer a autores diferentes.
Antes de reproduzir por qualquer meio, consulte sobre autorização
Leia também nossos Termos de Uso e Serviço
Preços, prazos e links podem sofrer alteração e correpondem ao dia em que o material foi publicado